31 de mai de 2011

Aprenda como melhorar a qualidade do código usando o Sonar

Durante algumas pesquisas na internet sobre como melhorar a qualidade do código e gerenciar a necessidade de avaliar esta qualidade encontrei uma ferramenta muito útil para este desafio: Sonar. Mas o que é o Sonar?

image

Sonar e Qualidade de Código

O Sonar é uma plataforma para gerenciamento de qualidade de código. Esta ferramenta abrange 7 eixos de qualidade de código: Arquitetura e Design, duplicidade, testes unitários, complexidade, erros em potencial, regras de codificação e comentários.

7axes

 

Plugins

Seja através da adição de novas linguagens, mecanismos de regras, avançadas regras de computação de informações podem ser realizadas através do poderoso mecanismo  de extensões. Atualmente o Sonar possui mais de 30 plugins disponíveis.

 

Linguagens Atendidas

A linguagem Java é a linguagem padrão porém existe plugins gratuitos e pagos para atender C, C#, Flex, Natural, PHP, PL/SQL, Cobol e Visual Basic 6.

 

Em 3 cliques

O Sonar possui uma forma eficiente de navegação, através de uma tela com informações organizadas em mais alto nível, um painel com informações específicas do projeto, uma espécie de maquina do tempo onde é possível visualizar a evolução(ou não) do projeto e ferramentas para busca de defeitos. Desta forma é possível detectar rapidamente os projetos e / ou componentes que estão com problemas técnicos estabelecendo planos de ação adequados.

3clicks

 

Qualidade é o Foco

O Sonar é uma aplicação web. Regras, alertas, limites, exclusões, definições… podem ser configurados on-line. Ao manter uma base de informações sempre atualizadas, o sonar não somente permitirá a combinação de métricas completamente mas também misturá-los com medições do passado.

image

 

Minhas Considerações

Comecei a usar esta ferramenta com o interesse em verificar o quanto a mesma seria importante na melhoria da qualidade dos projetos os quais participo. O Sonar foi fundamental para a identificação de erros graves(até então encobertos), assim como identificação dos pontos de melhoria, avaliação da arquitetura, padrões de desenvolvimento de código, métricas etc.

A facilidade na implantação foi algo crucial. Em poucos minutos e pronto, está um novo projeto configurado e com análise aplicada. Mesmo em projetos que não utilizavam o Maven rapidamente fiz um pom.xml que permitisse a primeira análise.

 

Qual o próximo passo?

Após deixar no ar aquela vontade de ver o Sonar na prática sugiro os seguintes links:

Pesquisa personalizada

0 comentários:

Postar um comentário

Leia as regras:
Todos os comentários são lidos e moderados previamente.
Apenas os que respeitam as regras abaixo serão publicados:
- o comentário deve estar relacionado ao assunto do post
- não serão aceitos palavrões e ofensas ao redator do blog ou a terceiros
- não inclua links desnecessários no conteúdo do comentário
- se quiser deixar sua url, comente com a opção OpenId
Obs.: os comentários dos leitores não refletem a opnião do blog.